Uma breve introdução ao Power Virtual Agents

Por Adriana Martin

O Power Virtual Agents (PVA) faz parte dos serviços do Microsoft Power Platform. Trata-se de um software como serviço (Saas) que permite criar agentes virtuais, os famosos chatbot, utilizando interface gráfica, ou seja, sem a necessidade de escrever códigos ou ser um especialista em Inteligência Artificial (AI). Portanto, para criar seu chatbot basta, apenas, compreender os componentes do Power Virtual Agents:

  • Tópicos: são caminhos que definem como será o diálogo entre o usuário e o atendente virtual. Nos tópicos configuramos quais serão os gatilhos, que são palavras que o usuário digitará e que desencadeará uma resposta do atendente ou mesmo uma ação, e os nós que são as respostas do atendente virtual.
    Por padrão, o Power Virtual Agents oferece alguns tópicos pré-configurados: “Tópicos de Usuário” e “Tópico de Sistema”. Você pode desabilitar os “Tópicos do Usuário” que não se encaixarem no proposito do seu chatbot, mas não pode desabilitar os “Tópicos do Sistema”, estes podem apenas ser customizados/editados. Também há um limite de 1000 (mil) tópico por bot.
  • Entidades: representa um assunto ou objeto, é sobre o que o usuário está falando e auxiliam o agente virtual a direcionar um assunto ao tópico correto. Por exemplo: “Gostaria de saber mais sobre o Dynamics”.

Através do entendimento da entidade “Dynamics” o chatbot direciona o usuário para o tópico Dynamics.
Boa parte das entidades já está construída no PVA, entretanto, também é possível criar entidades personalizadas.

  • Ações: permitem que o chatbot realizar ações como enviar e-mails, criar cadastros de contatos, abrir chamados. Funcionam através da integração com o Power Automate

Os chatbot criados poderão interagir com o usuário de maneira natural, estabelecendo um diálogo efetivo e realizando um atendimento de qualidade, pois, conta com Processamento de Linguagem Natural (NPL), desse modo, é capaz de compreender as variações linguísticas que são utilizadas pelo usuário. Além disso, pode ser integrado com o Microsoft Power Automate permitindo ao chatbot realizar ações como encaminhar e-mails, abrir chamados, criar registros em um sistema.

O Power Virtual Agents permite que um chatbot seja publicado em diferentes plataformas e soluções, entre elas estão o Dynamics, Microsoft Teams, Facebook, mas não se preocupe, para realizar a manutenção não será necessário acessar todos eles, basta realizar as atualizações no aplicativo Power Virtual Agents e publicar, seu chatbot será atualizado.

 

 

 

 

Posts relacionados

23

jun
Tecnologia em foco

Aprenda a importar contas, clientes potenciais e outros dados do Dynamics 365

Por Allan Moura Se você ainda armazena dados em planilhas, saiba que existe uma maneira muito mais segura e dinâmica de guardar essas informações. É possível importar esses dados para o Dynamics 365, a fim de poder acompanhar todas as informações de seu cliente em um mesmo local. Você pode importar qualquer tipo de informações, como contas, […]

14

jun
Tecnologia em foco

Se você quer previsibilidade para o seu Pipeline, o Dynamics 365 Sales pode te ajudar!

Por Danielle Quandt A maioria das empresas usa os dados do pipeline de vendas para avaliar um cenário bastante generalizado das vendas futuras. Mas imagine que incrível se os dados de sua empresa fossem precisos o suficiente para prever a receita do próximo mês em alguns centavos? Se uma empresa pode padronizar os processos de vendas de alto[…]