O que é Social Selling? Tudo que você precisa saber para ter as redes sociais como aliadas de vendas

Por Maira Brandão 

O que pequenas, médias e grandes empresas têm em comum? Todas já perceberam que podem usar as redes sociais para melhorar seu desempenho de vendas e relacionamento com os clientes. Assim surgiu o social selling – em português, a “venda social”.

A prova de que as mídias sociais se tornaram grandes aliadas de muitas empresas vem de uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, que comprovou que 78% dos vendedores que apostam nessas redes vendem mais que os colegas que não usam esses canais.

Abusar de boas estratégias simboliza um aumento expressivo nas vendas, principalmente utilizando a internet como aliada, afinal, só entre janeiro e março de 2021, houve um aumento de 72,2% nas vendas online no Brasil na comparação com 2020. Grande parte desse crescimento da utilização de estratégias de social selling se deve ao fato de que a pandemia forçou as marcas a interagir, digitalmente, com seu público-alvo.

Aqueles que já aderiram à prática sabem que a médio prazo, a venda social traz maior taxa de sucesso e satisfação entre os consumidores, ou seja, maior retenção e lifetime value. Além disso, a tática, apesar de demorar um pouco mais que uma venda direta, possui um custo de aquisição do cliente baixa, uma vez que consiste no investimento em relacionamento.

A verdade é que, de uma forma ou de outra, você sempre sai ganhando quando investe em social selling, pois mesmos que os esforços iniciais não sejam convertidos em vendas imediatas, de um jeito ou de outro, a sua marca, produto ou serviço terá maior engajamento com o público, deixando os usuários mais próximos da sua empresa e valores.

Para você que ainda não se convenceu da importância de marcar presença nesses canais, saiba que o Brasil está em quarto lugar no ranking dos países com maior quantidade de usuários nas redes sociais, com 95,2 milhões de pessoas ativas. Os dados são de um estudo feito pela Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores. A expectativa é de que até o final de 2023, cerca de 114,5 milhões de brasileiros estarão conectados.

É justamente esse público que o vendedor especializado em social selling se esforça para atingir, se fazendo presente no dia a dia do potencial cliente, engajando, comentando, curtindo postagens e criando relações. Durante o processo, é preciso entender as dores, problemas, desafios e gatilhos dos usuários, o que garante mais eficiência nos relacionamentos e entrega de informações de maior utilidade. Baseado em uma boa estratégia de vendas, o contato com o consumidor vira algo muito além do comercial e pode se tornar um laço de confiança.

Para os que já se conscientizaram que os consumidores se sentem muito mais seguros e satisfeitos com marcas com as quais eles conseguem criar essa relação de confiança, mas não sabem por onde começar a gerar negócios através das mídias sociais, trago aqui uma dica preciosa: a Microsoft possui as ferramentas ideais para transformar o processo de prospecção em relacionamentos. Graças à integração entre o Dynamics 365 Sales e o LinkedIn Sales Navigator, a equipe de vendas pode estabelecer uma base de dados precisos e em tempo real do LinkedIn dentro do CRM.

Ao integrar os dois aplicativos de negócios, a equipe poderá pesquisar leads, contatos, contas, oportunidades e acessar outros recursos do LinkedIn por meio da sua conta de vendas do Dynamics 365. O controle vincula-se a um campo que é usado para corresponder o registro ao perfil de membro do LinkedIn ou conta corporativa. Depois que uma correspondência é encontrada, os carregamentos subsequentes são feitos por meio da associação de registro. Se quiser saber mais detalhes sobre essa integração, deixo aqui o link de um artigo que preparei sobre o assunto.

E, como em qualquer estratégia de marketing digital, é crucial analisar fielmente as métricas, para avaliar quais conteúdos estão engajando, quais conexões relevantes estão entrando nas conversas e quantos clientes, de fato, estão sendo convertidos por meio da estratégia. Eu fiz um texto recente sobre os pontos indispensáveis nesse processo de mensuração de resultados. Deixarei o link aqui para você consultar.

 

 

 

 

 

 

 

Posts relacionados

Dynamics Sales

30

nov
Business Solutions, Foco no cliente, Microsoft Dynamics 365, Microsoft Dynamics 365 Sales

Pode apostar: Ter um sistema moderno e intuitivo melhora a performance do time vendas

Recurso Deal Manager, do hub de vendas do Dynamics 365 promete transformar de vez a experiência do usuário e se tornar o maior aliado do time na gestão do pipeline de vendas! Manter a equipe de vendas focada no desenvolvimento de oportunidades é primordial para garantir os resultados e obter boa performance de uma área comercial, e […]

Power Platform

24

nov
Business Solutions

3 casos reais onde a tecnologia Power Platform transformou as operações de importantes empresas

Só acredito vendo. Eu vendo: Nossa não acredito!  Você já deve ter ouvido falar que a Microsoft Power Platform é a união de 4 aplicativos de negócios da Microsoft: o Power Apps, Power BI, Power Automate e o Power Virtual Agent. Individualmente, esses aplicativos podem atender necessidades comerciais das mais distintas, mas o melhor é que juntos eles fornecem uma plataforma ainda mais versátil, que habilita para as empresas o poder de criação de aplicativos e[…]