Robotic Process Automation (RPA): a automação inteligente que permite acelerar processos repetitivos e aumentar a produtividade

Quem acompanha a indústria de tecnologia provavelmente tem escutado muito a siga RPA, um acrônimo para Robotic Process Automation (automação de processos robóticos, na tradução livre) e seu potencial para mudar a forma como trabalhamos.

O RPA é um mecanismo simples e extremamente funcional no contexto corporativo atual e futuro. É uma resposta tecnológica às ânsias das empresas por agilidade e eficiência operacional. Essa espécie de automação inteligente e seus aplicativos surgiram com o objetivo de agilizar fluxos de trabalho, automatizar tarefas que são padronizáveis e repetitivas e permitir que trabalhadores humanos se concentrem em trabalhos de alto valor.  

Não à toa, o RPA tem ganhado cada vez mais espaço no mercado. De acordo com pesquisas realizadas pela HIS Research, por exemplo, a tecnologia RPA foi classificada como a categoria de software corporativo que mais cresceu em 2018 (algo como 100%) e continuou a crescer mais de dois dígitos em 2019 (aproximadamente 40%). Analistas e outras fontes indicam visões igualmente exuberantes sobre a adoção do RPA, à medida que as empresas buscam novas eficiências para permitir sua transformação digital e outras iniciativas. Para 2021, o crescimento mais modesto aponta para um crescimento de 35% neste mercado. 

Até 2024, as organizações vão poupar 30% dos custos operacionais atuais apenas com a adoção da automação e com o redesign de processos operacionais. São dados da Gartner, uma das principais consultorias de tendências tecnológicas e de mercado do mundo. 

Quais os diferenciais do RPA em relação a outras formas de automação? 

A tecnologia é muito poderosa para ajudar a reduzir os erros humanos que costumam aparecer aqui e ali em qualquer operação manual. O RPA automatiza processos baseados em regras no back-office e no front-office, graças aos avanços recentes em inteligência artificial (IA), aprendizado de máquina (ML), big data, tecnologias de reconhecimento de voz e redes neurais profundas. 

Uma das principais particularidades que o diferenciam de outros tipos de ferramentas de automação empresarial está em sua flexibilidade e capacidade de adaptação a diversos tipos de processos. E o melhor: tudo de maneira automática e sem a necessidade de intervenção humana. Dessa forma, o software “robô” é capaz de resolver problemas sem que ocorra a interrupção das atividades. 

A tecnologia pode ajudar a reduzir custos, aumentar a precisão, melhorar a prestação de serviços, ajudar a manter a conformidade e as questões regulatórias, ao mesmo tempo que melhora a experiência do cliente. As empresas que usam RPA não precisam depender de um parceiro offshore ou terceirizado, garantindo 100% de precisão. 

 Concentrando os humanos nas atividades estratégicas 

Aproximadamente 10% a 20% das horas de trabalho humano são gastas em tarefas de computador enfadonhas e repetitivas, de acordo com Software Testing e Big Data Hadoop, marcando uma grande parte do tempo que é desperdiçado em processos que podem ser facilmente automatizados. Os pesquisadores da empresa estimam que os departamentos de TI também gastam 30% de seu tempo em tarefas básicas de baixo nível.  

As empresas estão perdendo cerca de 50% de todas as oportunidades de automação, em média, enquanto 13% dos trabalhadores consideram essas tarefas repetitivas uma perda de tempo. Além disso, 98% dos líderes de negócios de TI dizem que automatizar processos é essencial para gerar benefícios de negócios.  

As principais tarefas que podem ser automatizadas são: 

  • Documentação e gerenciamento de registros 
  • Gestão de reclamações, reservas e faturas 
  • Cobrança de clientes 
  • Processamento de pedidos 
  • Envio de notificações
  • Atualização de perfis de clientes e funcionários
  • Encerramento de contas fraudulentas
  • Geração de relatórios de conformidade
  • Operar aplicações
  • Fazer cálculos complexos
  • Gerenciar banco de talentos do RH
  • Registrar, modificar, validar e analisar dados da empresa
  • Monitorar tarefas automatizadas 

 O Futuro do RPA 

Os pesquisadores do Hadoop estimam que a economia potencial que as empresas terão com o RPA até 2025 está entre US$ 5 trilhões e US$ 7 trilhões. A empresa também prevê que os softwares RPA serão capazes de realizar tarefas equivalentes à produção de 140 milhões de FTEs até o mesmo ano. Já a Forrester acredita que a indústria de RPA valerá em torno de US $ 2,9 bilhões em 2021. 

Até 2024, as organizações vão poupar 30% dos custos operacionais atuais apenas com a adoção da automação e com o redesign de processos operacionais. São dados da Gartner, uma das principais consultorias de tendências tecnológicas e de mercado do mundo. 

Com certeza, RPA é uma aplicação que qualquer empresa deve possuir para se posicionar à frente da concorrência. Saiba que a Microsoft oferece um conjunto de produtos de automação inteligente para ajudá-lo a aumentar a escala de suas operações e reduzir os custos indiretos. Hoje, mais de 350 mil organizações usam o Microsoft Power Automate todos os meses para melhorar sua produtividade com recursos avançados, como entendimento de dados baseados em IA através do AI Builder e integração com aplicativos e bancos de dados através de 315 conectores API integrados. 

A abrangente plataforma Microsoft Power Automate representa a próxima geração de RPA e é acessível a todos em uma organização, incluindo codificadores e não codificadores, por meio de um ambiente de desenvolvimento de baixo código. Nossa empresa já tem ótimos e bem sucedidos exemplos da aplicação da tecnologia em grandes organizações, são projetos que realmente transformam as operações e garantem eficiência operacional. Entre em contato conosco para entender mais sobre as soluções RPA Microsoft contato@bizapp.com.br 

Posts relacionados

20

set
Business Solutions, Microsoft Dynamics 365 Field Service

Dynamics 365 Remote Assist: trabalhe em conjunto, de qualquer lugar, com colaboração de realidade mista facilitada

Você já deve ter ouvido falar de realidade mista (mix reality), um conceito que mescla elementos do mundo real (físicos) com os da realidade virtual, revelando as interações naturais e intuitivas 3D entre humanos, computador e ambiente. A realidade mista se baseia em aprimoramentos na pesquisa visual computacional, no processamento gráfico, na tecnologia de vídeo, em sistemas de entrada e na computação em nuvem. […]

06

set
Business Solutions, Microsoft Dynamics 365 Marketing

Push notifications: novo recurso de marketing do Microsoft Dynamics 365

Que o Dynamics 365 Marketing visa envolver mais as empresas com seu público, criando uma experiência do cliente de ponta a ponta, você já sabe. O que talvez seja novidade é que a Microsoft está lançando novas funcionalidades para enriquecer essa plataforma de customer experience, que permitem envolver os clientes em tempo real.   A grande novidade, chamada de marketing em tempo real, permite que o Dynamics 365 Marketing[…]